Mais lidas
Geral

Quatro policiais ficam feridos em novo confronto com traficantes no Alemão

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quatro policiais militares foram baleados na manhã desta terça-feira (30) em confronto com supostos traficantes de drogas no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro. Os PMs foram encaminhados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, e não correm risco de morte. As informações são da Agência Brasil.

Segundo a polícia, os militares atuam na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Nova Brasília, e foram vítimas de uma emboscada quando faziam patrulhamento de rotina na área conhecida como Beco do Gesso. Ficaram feridos dois tenentes, um cabo e um soldado.

Em nota, o comando da UPP informou que o ataque aconteceu por volta das 11h, deixando dois policiais baleados na perna, um atingido de raspão na cabeça e outro por estilhaços no rosto. Buscas estão em andamento na região, e o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) foi acionado.

Este é o segundo confronto entre policiais militares e supostos traficantes de drogas na Nova Brasília nesta terça. O outro tiroteio aconteceu na região conhecida como Capão, mas não teve feridos.

A Secretaria Municipal de Educação informou, no início da tarde, que 570 alunos ficaram sem aula nesta terça em Nova Brasília, devido ao tiroteio. Uma escola e dois Espaços de Desenvolvimento Infantil não estão funcionando, por medida de segurança.

BALA PERDIDA

Principal ícone da política de pacificação dos morros do Rio, o Complexo do Alemão, que foi ocupado de modo cinematográfico em 2010, tem sido cenário de confrontos constantes entre polícia e traficantes desde fevereiro.

Os confrontos quase diários no complexo de favelas deixaram mais uma vítima de bala perdida nesta segunda (29). A auxiliar de serviços gerais Marinete Berto, 56, chegava do trabalho quando foi atingida na cabeça durante um confronto entre policiais da UPP Fazendinha e traficantes, na área conhecida como Zona do Medo.

A vítima foi levada às pressas para o Hospital Municipal Salgado Filho, na zona norte do Rio, mas não resistiu ao ferimento. O corpo de Marinete será enterrado na tarde desta terça. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber