Mais lidas
Geral

Coreia do Norte dispara novo míssil; Japão fala em agir junto com os EUA

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Coreia do Norte disparou mais um projétil a partir de sua costa leste, afirmaram as Forças Armadas sul-coreanas neste domingo (28).

Segundo o comunicado, acredita tratar-se de um míssil, que percorreu 450 km e caiu no mar.

Após o teste, o novo presidente sul-coreano, Moon Jae-In, ordenou uma reunião do conselho nacional de segurança para analisar o ocorrido.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe também reagiu ao disparo e afirmou que os testes do país são uma prioridade para a comunidade internacional. "Trabalhando com os Estados Unidos, vamos tomar ações específicas para deter a Coreia do Norte."

O governo-norte americano informou ter monitorado a trajetória do projétil, que voou por seis minutos, e informado o presidente Donald Trump.

Desde o ano passado, Pyongyang realizou dois testes nucleares e dezenas de lançamento de mísseis, apesar de sanções econômicas impostas pelas Nações Unidas.

Líderes do G7, o grupo que reúne as economias mais desenvolvidas do mundo, qualificaram no sábado (27) os testes de uma "ameaça grave" e se disseram dispostos a tomar medidas a respeito.

Acredita-se que a Coreia do Norte está ainda muitos anos longe de conseguir atingir alvos nos Estados Unidos, mas cada teste marca um desafio ao país.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber