Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - Ex-premiê fica ferido após abrir carta-bomba em carro em Atenas

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-primeiro-ministro da Grécia Lucas Papademos ficou ferido nesta quinta-feira (25) depois de abrir uma carta-bomba dentro de seu carro blindado, em Atenas. Segundo as autoridades gregas, Papademos, 69, foi levado ao hospital e não corre risco de morrer. Ele teve ferimentos nas pernas e no peito. Outras duas pessoas que estavam no carro na hora da explosão também se feriram.

Economista com perfil tecnocrata, Papademos foi primeiro-ministro da Grécia entre 2011 e 2012 e foi vice-chefe do Banco Central Europeu entre 2002 e 2010. Antes, de 1994 a 2002, ele comandou o Banco Central da Grécia.

No período em que esteve à frente do governo de coalizão interino, o país enfrentava o auge de sua crise fiscal, e Papademos liderou as renegociações de dívidas.

Ainda não está claro quem está por trás da explosão. Até a conclusão desta edição, ninguém havia reivindicado a ação. Em março e em ocasiões anteriores, o grupo anarquista grego Conspiração das Células de Fogo, considerado terrorista pelos EUA, enviou cartas-bomba destinadas ao FMI e a instituições financeiras da Europa.

Um funcionário do Fundo se feriu na sede do órgão, em Paris. Outro destinatário das cartas-bomba foi o ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, mas a polícia interceptou o pacote explosivo em seu escritório antes que chegasse a ele.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber