Mais lidas
Geral

Trump e Macron travam disputa de apertos de mão

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente francês, Emmanuel Macron, mal se conhecem, mas eles pareciam ter dificuldade em se soltar quando se encontraram pela primeira vez nesta quinta-feira (25).

Os líderes apertaram a mão direita um do outro de modo firme e suas mandíbulas pareceram se cerrar quando se sentaram para uma reunião cara a cara.

Imagens da sessão de fotos na residência do embaixador dos EUA em Bruxelas mostram que Trump acabou desistindo e seus dedos se soltaram, enquanto Macron ainda estava segurando firmemente.

A determinação de Macron pode ser uma lição para a chanceler alemã, Angela Merkel, que em uma visita recente ao escritório oval tentou e não conseguiu que Trump apertasse sua mão.

O confronto simbólico continuou mais tarde na cúpula da Otan (aliança militar ocidental), quando Macron se aproximou de um grupo de outros líderes e fez com que Trump o esperasse, trocando antes saudações com Merkel, o chefe do bloco militar ocidental e outros.

Quando Trump finalmente apertou a mão de Macron, ele a puxou com tanta força que o presidente francês teve que usar seu outro braço para se libertar, em mais um momento embaraço registrado pelas câmeras.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber