Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - Polícia prende homem de 23 anos em conexão com ataque em Manchester

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia britânica prendeu nesta terça-feira (23) um homem de 23 anos em conexão com o ataque da véspera durante um show da cantora pop Ariana Grande em Manchester.

Segundo as autoridades, o suspeito foi preso na região sul de Manchester.

Ele é o primeiro detido pela explosão de segunda-feira, que deixou ao menos 22 mortos e dezenas de feridos após o fim do concerto na Manchester Arena.

Um outro homem foi detido no shopping Arndale Centre, em Manchester, mas a polícia não vê indícios de que ele tenha conexão com o atentado. O local chegou a ser fechado temporariamente nesta terça (23).

As autoridades trabalham com a hipótese de que o atentado no show foi provocado por um homem-bomba cuja identidade ainda não foi divulgada.

As investigações buscam entender, agora, se ele atuava sozinho ou se era parte de uma organização maior.

ESTADO ISLÂMICO

A milícia radical Estado Islâmico reivindicou a ação na terça-feira em uma mensagem que, no entanto, não apresentou nenhuma evidência de sua participação real. É possível, como em outros casos no passado, que a o autor tenha agido sozinho e agora a organização tente se beneficiar da atenção na mídia, que é uma parte importante de sua estratégia para recrutar militantes.

A segurança no restante do Reino Unido será incrementada, segundo um anúncio das autoridades britânicas, com um maior contingente policial deslocado para Londres.

A campanha das eleições parlamentares de 8 de junho foram suspensas após a explosão.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber