Mais lidas
Geral

Formandos abandonam cerimônia devido a discurso do vice dos EUA

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dezenas de formandos e seus familiares deixaram silenciosamente neste domingo (21) uma formatura durante um discurso do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, na Universidade Notre Dame, em South Bend, Indiana.

Ex-governador do Estado, o republicano foi convidado a falar depois que a universidade desistiu de chamar Donald Trump para se pronunciar na abertura da cerimônia devido a protestos de alunos e professores.

Pence falou brevemente sobre o presidente ao elogiar o discurso na Arábia Saudita aos países de maioria islâmica e citou que Trump condenou a perseguição religiosa contra qualquer pessoa de qualquer religião.

O presidente é duramente criticado por sua retórica anti-islâmica durante a campanha, da mesma forma que pela tentativa de seu governo de impor o veto a entrada de cidadãos de sete países de maioria islâmica.

Pouco antes da debandada, o orador da formatura, Caleb Joshua Pine, criticou o que chamou de uso dos islâmicos como bode expiatório e criticou os planos de Trump de construir um muro na fronteira com o México.

Cassandra Dimaro e seus pais estavam entre aqueles que deixaram a plateia. Em entrevista ao jornal "South Bend Tribune", ela disse que foi uma demonstração de solidariedade àqueles impactados pelas políticas de Trump.

Pence não comentou sobre a saída dos formandos. Porém, referiu-se aos confrontos em campi onde personalidades controversas discursariam, como o conservador Ann Coulter na Universidade da Califórnia, em Berkeley.

"Esta universidade [Notre Dame] é a vanguarda da liberdade de expressão e da livre troca de ideias em tempos em que, tristemente, a liberdade de opinião e a civilidade começam a diminuir nos campi do país", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber