Mais lidas
Geral

Abravanel e Gretchen atraíram apenas os corajosos em cortejo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Thiago Abravanel dividiu o palco com Gretchen com repertório de Carnaval em Salvador. Poderia ter sido um dos pontos altos da Virada, mas a chuva não perdoou.

Marcado para as 18h, um cortejo com os artistas deveria circular por ruas do centro; o caminhão com o palco acabou estático na praça da República. Quando começou, com cerca 30 minutos de atraso, juntava cerca de 300 corajosos espectadores embaixo de forte chuva.

Thiago comandou a apresentação sob uma lona improvisada, que em nada comprometeu a qualidade do show. O cantor abriu com canções de Tim Maia, passou por Anitta, Ivete e hits do feminejo, como "50 Reais", de Naiara Azevedo.

Gretchen fez rápida aparição para cantar e dançar seus hits atemporais -como "Conga, Conga, Conga". "Rainha!", gritava o público.

As seis integrantes do Ballet Plus Size, vindas do Rio de Janeiro especialmente para a Virada, dançaram na chuva. "O mínimo que eu poderia fazer era um puta show para vocês. Vocês são foda", disse Abravanel, agradecendo a presença e animação do público. Quem se aventurou embaixo da água, se divertiu.

PROTESTO

Quando alguns gritos de "Fora Temer" foram escutados na plateia, Thiago incentivou. O protesto logo contagiou os presentes. "A voz do povo é a voz de Deus. Fora todo mundo", disse. Ele cantou "Joga Fora no Lixo", de Sandra de Sá, e dedicou à classe política: "Joga fora no lixo todos esses políticos".

Em outro momento, viu crianças entre os espectadores e as convidou para subir no trio. "A geração dessas crianças, ou os filhos delas, é que vão consertar o nosso país. A gente talvez não consiga mais."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber