Mais lidas
Geral

MV Bill encerra noite rapper com público de 3.000 no Campo Limpo

.

FÁBIO PONTES E RICARDO HIAR

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor MV Bill encerrou na madrugada deste domingo (21) as apresentações no Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, destinada aos artistas do movimento rap, hip-hop e soul music. De acordo com estimativa dos organizadores, 3.000 pessoas assistiram à apresentação do rapper carioca.

Ao contrário de outras regiões da cidade, não foi registrado atrasos nas apresentações, segundo a organização. O show de MV Bill começou pontualmente às 2h, com uma hora de duração.

Dono de letras com críticas sociais e políticas, o artista não fez protestos contra o governo Michel Temer, ao contrário do que ocorreu em outros palcos da Virada.

A vendedora Greice Gomes, 24, gostou de ter a Virada Cultural no bairro em que mora. "Pra gente que mora aqui foi ótimo. Cheguei do trabalho e pude ver um show bom desses perto de casa."

Ela diz que as vantagens, além de desafogar o centro, é dar acesso para quem mora na periferia. "Tem muita gente aqui hoje que não poderia ir a outro lugar. Trazer cultura para a periferia é sempre muito bem-vindo."

O universitário Geraldo Mendes também elogiou a iniciativa. "Foi uma experiência muito boa todo mundo curtindo, tendo cultura e lazer." Ele disse que foi a primeira vez que um evento nessa praça do bairro recebeu banheiros químicos.

As apresentações no Campo Limpo estão divididas em duas áreas: o palco principal e a Casa de Cultura. De acordo com a polícia, não foi registrado nenhum incidente durante a programação.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber