Mais lidas
Geral

Palco montado para musicais começa programação com atraso

.

DIEGO BARGAS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O palco vale do Anhangabaú, montado embaixo do viaduto do chá, começou sua programação com duas horas de atraso.

O local está recebendo espetáculos musicais vistos na cidade apenas em teatros e com ingressos salgados.

A tentativa de trazer a estrutura das peças para a rua pode ter sido o motivo do atraso. "O primeiro show teve problemas no som", diz uma segurança à reportagem da Folha. Não havia policiamento à vista.

"Auê", programado para 18h, começou, segundo a segurança, às 20h. "Gota d'água" marcado para 21h, começou 22h30. Foi encenado com o cenário completo do teatro, de montagem complicada.

Apesar do problema com o horário, o público compareceu e lotou os dois primeiros shows. "As pessoas vem quando escutam que o show começou", diz a segurança.

Já era 1h20 da manhã e o palco ainda estava sendo montado para "Beatles num céu de diamantes", marcado para meia-noite. O público que aguardava não foi avisado do motivo do atraso e se manteve entretido por uma seleção musical que ia de Madonna a Jorge Ben Jor.

O espetáculo começou com uma hora e 50 min de atraso. O público estava impaciente. A designer Marina Corain não gostou da perda de tempo. "Ficamos muito tempo aqui. Até agora só vimos a orquestra sinfônica no municipal e foi tão pontual. Quem se programar não vai conseguir ver tudo o que quer." Ela foi embora na terceira música.

"Beatles num céu de diamantes" está em cartaz no rio e veio a São Paulo especialmente para a Virada. Canções do quarteto de Liverpool são executadas por oito cantores, bateria, percussão e violoncelo. A plateia estava cheia, mas havia cadeiras disponíveis para os mais atrasados que o show.

O palco terá mais três musicais ao longo deste domingo (21).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber