Mais lidas
Geral

Cubanos do Batanga & Cia empolga público que pede o Fora, Temer

.

FABIO PONTES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A banda Batanga & Cia tocou seu ritmo cubano na noite deste sábado (20) na região central de São Paulo, durante a Virada Cultural 2017.

O grupo subiu ao palco logo após a apresentação dos haitianos do Satellite Musique.

Apesar de tocar no palco Refugiados e Imigrantes, o líder do grupo afirma que nenhum dos cubanos deixou o país por questões políticas.

Prevista para as 21h30, a apresentação teve início após as 23h.

A qualidade técnica do som melhorou depois de problemas com a banda anterior. A presença de pessoas também aumentou. Ao menos 500 assistiram ao show, que durou uma hora.

O momento mais marcante foi já no final quando o público bradava o "Fora,Temer" ao ritmo dos tambores do Batanga & Cia.

O conjunto é formado por três músicos de Cuba e dois do Brasil. Com canções instrumentais próprias, o grupo tem o batanga -o mais cubano dos gêneros musicais- seu carro-chefe.

O embalo das músicas é puxado por instrumentos de origem afro-cubana.

Além do destacado uso da percussão, a flauta de Claudia Rivera também se sobressai.

A Baranga & Cia está na estrada há três anos. "É uma forma que encontramos de fazer entrar mais no Brasil a ritmicidade da música cubana, latino-americana", diz Pedro Bandera, 42, fundador do grupo.

Segundo ele, o batanga é um gênero de resistência da música da ilha caribenha ao omanbo, que, afirma Bandera, tinha muita influência da música dos EUA.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber