Mais lidas
Geral

Entenda o que são "ransomwares" e como se proteger

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Ransomware" é um tipo de software malicioso que "sequestra" os arquivos do usuário em troca de resgate. Para isso, ele criptografa os arquivos do computador e impede que eles sejam acessados. Foi um programa desse tipo que afetou diversos computadores, entre eles o sistema de saúde da Inglaterra, nesta sexta-feira (12).

Depois de criptografar os dados da máquina infectada, ele também procura outros computadores conectados a ela para se espalhar por meio da rede.

Muitas vezes, os criminosos pedem que os pagamentos sejam feitos usando bitcoin, uma moeda virtual -que é também usada em negócios legais.

O vírus que afetou, segundo especialistas, 74 países nesta sexta se aproveitava de uma falha de segurança no Windows para se instalar nos computadores. Esse problema havia sido corrigido em março pela Microsoft por meio de uma "atualização crítica".

Máquinas que não haviam recebido a correção, no entanto, permaneciam vulneráveis.

O "WannaCrypt0r" tranca arquivos de extensões comuns, como documentos de texto e planilhas, além de arquivos de bancos de dados e de mídia.

PROTEÇÃO

O Cert.br (Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil) recomenda, para se proteger de "ransomwares", ter um antivírus instalado e tomar cuidado ao clicar em links e abrir arquivos.

Especialistas recomendam que não seja feito o pagamento do resgate, já que não há garantia de que os arquivos serão liberados mesmo após a transferência do dinheiro para os criminosos.

Outra sugestão é manter backups dos seus dados, pois, em caso de infecção essa é a única forma de ter certeza de que os arquivos serão recuperados.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber