Mais lidas
Geral

cada 3 brasileiros conhece alguma vítima de homicídio ou latrocínio

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um em cada três brasileiros acima de 16 anos afirma ter tido algum parente, amigo ou conhecido próximo que foi vítima de homicídio ou latrocínio (roubo seguido de morte). É o que aponta levantamento do Datafolha, realizado a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, como parte da campanha "Instinto de Vida".

Ao todo, foram ouvidos pelo instituto 2.065 pessoas com 16 anos ou mais em todo o país, sendo que 35% afirmaram conhecer alguém que tenha sido morto dessa forma.

Pela projeção do instituto, o percentual equivale a pelo menos 50 milhões de brasileiros, sendo que a recorrência entre negros (38%) é maior do que entre brancos (27%), assim como é maior entre homens (40%) do que entre mulheres (31).

O levantamento mostra também que 12% das pessoas entrevistadas já sofreram ameaça de homicídio, 8% foram feridas por faca ou outra arma que não de fogo e 4% foram feridas por arma de fogo. Além disso, 17% afirmam ter algum parente, conhecido ou amigo que está desaparecido.

Na avaliação geral da segurança no país, 94% dos entrevistados apontam que o índice de homicídio no país é alto ou muito alto. Já em relação aos órgãos responsáveis, a Polícia Militar é apontava como "muito responsável" por 63% das pessoas, seguida por Polícia Federal (61%), Polícia Civil (59%) e governo federal (58%).

Outros órgãos lembrados na pesquisa são: governadores (55%), Judiciário (53%), Ministério Público (52%), Polícia Rodoviária Federal (51%), Congresso Nacional (50%), prefeitos (49%), sistema prisional (49%), Corpo de Bombeiros (47%), Assembleia Legislativa (46%), Câmaras Municipais (41%), guarda municipal (37%) e órgãos e secretarias de assistência social (37%).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber