Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Doria critica agressão, e GCMs são afastados

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em vídeo publicado em uma rede social, o prefeito João Doria (PSDB) chamou de "ato condenável" a agressão do GCM e expressou solidariedade ao morador de rua. O tucano disse ainda esperar que o caso sirva de lição para que situações semelhantes não se repitam na cidade.

Também em rede social, o secretário de Segurança Urbana, José Roberto Oliveira, escreveu que repudia qualquer tipo de violência" e chamou esse caso de "isolado".

Responsável pela GCM, a secretaria informou que os três guardas que aparecem no vídeo foram afastados por tempo indeterminado, como medida cautelar. Segundo a pasta, é o primeiro afastamento desde o decreto de janeiro que voltou a permitir a remoção dos pertences dos moradores de rua.

Um inquérito administrativo da secretaria averiguará a atuação dos agentes e pode resultar em absolvição, suspensão de até 120 dias ou demissão. O prazo para a conclusão do processo é de 60 dias, mas prorrogáveis.

O presidente do Sindguardas (sindicato dos guardas civis), Clóvis Roberto Pereira, disse que o vídeo é "um retrato de algo que aconteceu antes". "Não sabemos ainda o que aconteceu", afirmou.

Pereira disse que a abordagem não é procedimento comum da GCM. A orientação é para que o guarda só interfira em caso de risco à integridade do agente que faz a remoção.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber