Mais lidas
Geral

Giovanna Ewbank fala sobre processo sigiloso de adoção da filha, que durou mais de um ano

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Giovanna Ewbank revelou à revista "Marie Claire" como foi o processo de adoção da pequena Titi, que nasceu no Maláui e está atualmente com três anos.

Para a publicação, Giovanna, que é casada com o ator Bruno Gagliasso, contou que foram mais de dez viagens à África durante um ano e meio , tudo em sigilo —para despistar os curiosos, durante as viagens eles postavam nas redes sociais fotos como se estivessem no Rio de Janeiro.

"Foi um processo doloroso porque sabíamos que poderíamos dar melhores condições a nossa filha. O alimento lá era mingau", conta Giovanna.

Para concluir a adoção, o casal precisou morar por três meses em Lilongwe, capital do Maláui. "Alugamos uma casa e vivemos dias deliciosos. Ouvimos Titi falar a primeira palavra, 'flor'. Foi nossa licença-maternidade", afirma a atriz.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber