Mais lidas
Geral

Advogado diz que Emilly quer esquecer agressão e seguir sua vida

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher, Marcia Noeli, confirmou ao UOL que, de fato, o depoimento de Emilly sobre o caso de agressão ocorrido dentro do "BBB17", que vazou nesta terça (2), era verídico.

Marcia, no entanto, afirmou também que somente a vítima, seus advogados e os advogados de Marcos Harter tiveram acesso a cópias do documento, que estava sob sigilo.

Renato Darlan, advogado de Emilly, também foi ouvido pelo UOL e afirmou que considera absurdo o vazamento e que pretende tomar providências.

"Nós entendemos que para alguém é interessante esse vazamento. Para Emilly não faz sentido, já que o que ela mais quer é esquecer e seguir sua vida. Nós pretendemos, sim, buscar o responsável por esse vazamento já que o procedimento é sigiloso", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber