Mais lidas
Geral

Jabuti vai premiar HQs e livros brasileiros publicados no exterior

.

ISABELLA MENON

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - "Nos últimos anos têm aumentado muito tanto a produção quanto o consumo de HQs no Brasil e no mundo", explica Luiz Armando Bagolin, novo curador do prêmio Jabuti, sobre a inclusão da nova categoria na 59ª edição da premiação.

Para Bagolin, o criação da categoria é um reconhecimento de que HQs são um gênero literário.

Em janeiro, um abaixo-assinado com 3.000 nomes pedia a inclusão da categoria de HQ no Jabuti, o mais tradicional prêmio de livros do país. Porém, segundo Bagolin, não foi por pressão do meio que foi criada a categoria.

"O quadrinho está no meu radar muito antes de ser curador do prêmio Jabuti", afirma Bagolin e reitera que "não foi a pressão do meio para criar essa categoria, já havia uma discussão lá dentro. Acho pequeno, no universo Jabuti, 3.000 pessoas assinando uma lista."

Além das HQs, outra categoria também foi criada, a de "Livro Brasileiro Publicado no Exterior". O curador afirma que é uma categoria "voltada para promoção do livro lá fora e as editoras que compram o livro brasileiro", e completa que é "uma estratégia, que leva o livro brasileiro a ser comercializado lá fora."

Ainda sem jurados confirmados, as inscrições acontecem a partir do dia 18 de maio pelo site da premiação.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber