Mais lidas
Geral

Coreia do Norte prende cidadão americano em meio a tensão militar

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Coreia do Norte prendeu no sábado (22) o cidadão americano Tony Kim, aumentando para três o total de americanos atualmente detidos no país.

A informação foi fornecida por Park Chan-mo, representante da Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang. Ele disse que Tony Kim, 58, dava aula na universidade a cerca de um mês e foi preso no aeroporto de Pyongyang ao tentar sair do país.

O Departamento de Estado dos EUA afirmou ter ciência dos relatos de um americano preso mas não fez comentários sobre o incidente "devido a preocupações de privacidade".

As autoridades da Coreia do Norte ainda não se pronunciaram sobre a prisão.

A detenção de Tony Kim ocorre em meio a tensões crescentes na região, com trocas de acusações entre o governo dos EUA e o regime do ditador Kim Jong-un. O presidente Donald Trump ordenou o enviou de uma frota da Marinha para a península Coreana, a qual a Coreia do Norte disse estar "pronta para atacar".

Também estão presos no país os cidadãos americanos Otto Warmbier, condenado a 15 anos de trabalho forçado por tentar roubar um cartaz de propaganda, e Kim Dong-chul, condenado a 10 anos de prisão por espionagem.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber