Mais lidas
Geral

SP faz missão para promover concessões de metrô na Europa

.

SÃO PAULO,S P (FOLHAPRESS) - Uma missão composta por representantes do governo paulista vai desembarcar, na próxima terça-feira (18), em Bruxelas para promover a concessão das linhas 5-lilás (metrô) e 17-ouro (monotrilho).

A informação foi publicada nesta quinta-feira (13) pelo "Valor Econômico" e confirmada pela reportagem.

O secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, e mais dois representantes da pasta terão encontros com executivos dos segmentos de transporte e infraestrutura, além de bancos e fundos de investimentos da Europa.

A concessão das linhas à iniciativa privada terá lance mínimo de R$ 189,6 milhões, segundo edital publicado pelo governo. O leilão ocorrerá no dia 4 de julho, na sede da Bovespa, em São Paulo.

O vencedor da concorrência internacional administrará as duas linhas durante 20 anos e terá que investir R$ 3 bilhões em manutenção e modernização. A estimativa de faturamento da operação das duas linhas é estimado em R$ 10,8 bilhões.

LINHAS

A linha 5-lilás já está em operação com sete estações (da estação Capão Redondo à Adolfo Pinheiro). Resta a conclusão de outras dez, ligando a linha até as linhas 1-azul, 2-verde e 17-ouro. A estação final será a Chácara Klabin, que também opera na linha 2-verde.

Já o monotrilho da linha 17-ouro, terá oito estações e ligará Congonhas à estação Morumbi da CPTM (linha 9-esmeralda), além da integração com a linha 5-lilás. A previsão de início de operação do monotrilho é para o segundo semestre de 2019.

A expectativa do governo estadual é que, somadas, as linhas transportem cerca de 1 milhão de passageiros por dia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber