Mais lidas
Geral

Coreia do Norte está pronta para novo teste nuclear, diz organização

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Imagens de satélite de uma base militar na Coreia do Norte indicam que o regime do ditador Kim Jong-un está preparado para conduzir um novo teste nuclear, declarou nesta quarta-feira (12) a organização americana 38 North.

Segundo especialistas da organização, que monitora a situação no país, imagens aéreas registradas na quarta mostram uma atividade contínua de funcionários em instalações da base de Punggye-ri. Desde 2006, o regime norte-coreano realizou cinco testes nucleares no local.

A revelação ocorre em meio a tensões crescentes na região. Ao longo da última semana, os Estados Unidos enviaram uma frota da Marinha para a Península Coreana, e a Coreia do Norte disse estar "pronta para reagir" a qualquer ataque.

Buscando conter as tensões, a China, principal aliada da Coreia do Norte, afirmou nesta quinta-feira (13) que a força militar não resolverá os problemas da região.

"A força militar não pode resolver a questão", declarou o chanceler da China, Wang Yi. "Em meio aos desafios, há oportunidades. Em meio a tensões, nós também encontramos uma espécia de oportunidade para retornar às negociações."

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na quarta-feira (12) acreditar que o governo da China "quer nos ajudar com a Coreia do Norte". O republicano se reuniu com o presidente da China, Xi Jinping, na semana passada na Flórida e conversou com ele por telefone há alguns dias.

Segundo Trump, a China tomou um "grande passo" para conter as ambições militares da Coreia do Norte ao rejeitar a importação de carvão, item importante para a economia norte-coreana. As sanções da China ao carvão norte-coreano foram anunciadas no ano passado, após o regime conduzir um teste nuclear, e começaram a ser implementadas em fevereiro.

SARIN

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta quinta-feira (13) a uma comissão parlamentar "haver uma possibilidade de que a Coreia do Norte já seja capaz de lançar mísseis com ogivas de sarin".

Sarin é um gás tóxico com efeito letal que age sobre o sistema nervoso, provocando paralisia muscular. Segundo especialistas, sarin é o agente usado em um ataque químico que matou ao menos 80 pessoas na semana passada na Síria.

A Coreia do Norte não é signatária da Convenção Internacional de Armas Químicas e produz armas químicas desde a década de 1980. Segundo autoridades de inteligência da Coreia do Sul, estima-se que o regime norte-coreano tenha até 5.000 toneladas de armas químicas com 25 tipos diferentes de agentes tóxicos, inclusive sarin.

A Coreia do Norte se prepara para as celebrações, no sábado (15), do 105º aniversário de Kim Il-sung (1912 - 1994), fundador do país e avô de Kim Jong-un. Para marcar a data em 2012, o regime norte-coreano realizou um teste fracassado de lançamento de foguete e longo alcance com um satélite e, no ano passado, testou um míssil de médio alcance recém-desenvolvido.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber