Mais lidas
Geral

Protesto de moradores da Cidade de Deus fecha a Linha Amarela no Rio

.

SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um protesto de moradores fechou por cerca de duas horas os dois sentidos da Linha Amarela na altura da Cidade de Deus, zona norte do Rio, na noite desta sexta-feira (7). Caçambas de lixo foram colocadas na pista e policiais lançaram bombas de efeito moral na tentativa de desbloquear a via.

A manifestação teve início por volta das 18h30, o que fez com que o Centro de Operações da prefeitura colocasse o município em estágio de atenção, às 19h30. A interdição provocou congestionamento na Linha Vermelha, avenida Brasil e nas principais vias da Barra da Tijuca e na autoestrada Lagoa-Barra.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa que um ou mais incidentes impactam, no mínimo, uma região, provocando reflexos relevantes na mobilidade.

Ainda não foi confirmado oficialmente o motivo do protesto. Mas o clima continuava tenso no local mesmo depois da liberação da via.

Na manhã de sexta (7), a Core (Coordenadoria de Recursos Especiais), da Polícia Civil, realizou uma operação na comunidade. De tarde, o corpo de um homem identificado apenas como Jacaré foi encontrado, segundo a Polícia Miliar. Para o comando do 18°BPM (Jacarepaguá), Jacaré integrava o tráfico de drogas da região.

A Cidade de Deus tem uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) desde 2009. Nos últimos meses, aumentou os confrontos armados na região.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber