Mais lidas
Geral

Após ataque dos EUA, Itamaraty manifesta preocupação com Síria

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério das Relações Exteriores brasileiro divulgou nota sobre a situação na Síria na tarde desta sexta-feira (7). Sem citar o bombardeio dos EUA da noite de quinta (6), o comunicado oficial "manifesta preocupação com a escalada do conflito militar na Síria" e "reitera sua consternação com as notícias de emprego de armas químicas" no conflito.

Na mesma linha do pedido feito por Estados Unidos, Reino Unido e França no Conselho de Segurança da ONU após o ataque químico de terça (4) no noroeste da Síria, o Itamaraty pede que "sejam conduzidas investigações abrangentes e imparciais" que "levem à apuração dos fatos e à punição dos responsáveis".

Ainda segundo a nota emitida pela Chancelaria, a solução para o conflito sírio "requer diálogo efetivo e pleno respeito ao direito internacional". "Nesse contexto, renovamos o apoio às tratativas conduzidas em Genebra sob a égide das Nações Unidas e com base nas resoluções do Conselho de Segurança."

De acordo com o Itamaraty, não há registro de brasileiros entre as vítimas do ataque, e a pasta afirma que tem mantido contato regular com a comunidade brasileira residente no país.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber