Geral

'The Big Bang Theory' é renovada por mais duas temporadas

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As redes americanas CBS e Warner renovaram a série "The Big Bang Theory", uma das mais populares da TV, por mais duas temporadas, para que ela fique no ar ao menos até 2019. As informações são do site "The Hollywood Reporter".

De acordo com a publicação, as negociações enfrentaram um impasse na hora de definir o salário do elenco. As atrizes Mayim Bialik (Amy) e Melissa Rauch (Bernadette) queriam aumento nos ganhos. Elas recebiam US$ 175 mil por episódio e pretendiam ganhar o mesmo que os protagonistas -US$ 1 milhão.

Durante as negociações, Jim Parsons (Sheldon), Kaley Cuoco (Penny) e Johnny Galecki (Leonard) aceitaram diminuir os salários de US$ 1 milhão por episódio para US$ 900 mil, mesmo valor que será pago a Simon Helberg (Howard) e Kunal Nayyar (Raj), para que o restante fosse usado para manter Bialik e Rauch.

Levando em conta o ranking da revista "Forbes" de 2016, Parsons, Cuoco, Galecki, Helberg e Nayyar são os atores mais bem pagos da TV americana.

Ainda segundo a "Hollywood Reporter", Bialik e Rauch ainda não fecharam para participar das duas próximas temporadas, embora a expectativa é que o acordo aconteça em breve. Elas deverão ter um aumento no que recebem por cada capítulo, mas não receberão o mesmo valor dos protagonistas. Suas personagens entraram na atração na terceira temporada.

A CBS já havia anunciado que está produzindo um spin-off de "The Big Band Theory", focado na juventude de Sheldon, que será interpretado por Iain Armitag, de "Big Little Lies". A nova série mostrará Sheldon aos nove anos de idade, quando é aluno do ensino médio. O programa deverá ir ao ar a partir de setembro.