Mais lidas
Geral

Primeiro dia do outono tem frio e sol entre nuvens em SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O outono começou na manhã desta segunda-feira (20), às 07h29, e terá o dia com características próprias da estação, com temperaturas mais baixas e sensação de frio, mas o sol deve aparecer em São Paulo. A máxima prevista deve chegar aos 24°C.

As primeiras horas da manhã registraram variação de nuvens e leve sensação de frio e chuviscos, com média da temperatura foi de 19°C. Não há previsão de chuvas significativas e sol aparece entre nuvens nesta tarde, já a noite será nublada com névoa úmida, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

O céu deve permanecer nublado com névoa úmida, e a temperatura mínima deve ficar em 16ºC na cidade, segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia).

FRIO

O verão terminou com o dia mais frio do ano, neste domingo (19). A mínima ficou em 15,5°, já as máximas não passaram de 19,5 °C, de acordo com o INMET.

A nebulosidade predominou em todo o Estado, e fortes pancadas de chuva atingiram a faixa litorânea. No fim de semana as chuvas que caíram na região chegaram a causar alagamentos em cidades da Baixada Santista.

PREVISÃO

O outono, que vai até o dia 21 de junho, é uma estação marcada por menos chuvas, e a tendência até sexta-feira são de madrugadas frias para a época do ano e de dias com temperaturas máximas em elevação.

Na terça-feira (21) as nuvens da frente fria que atingiu o Estado de São Paulo na última semana devem deixar a região, mas a madrugada ainda será fria por conta dos ventos que sopram do mar em direção à faixa leste de São Paulo. As temperaturas variam entre mínima de 14ºC e máxima em torno dos 26ºC. O predomínio será de sol entre poucas nuvens e não há previsão de chuvas.

Na quarta-feira (21) a máxima deve chegar aos 28°C, com mínima de 16°C. O céu deve ficar parcialmente nublado na capital.

Nos próximos meses o INMET prevê um outono típico, com gradual diminuição das temperaturas em todo Estado. É no mês de maio que as temperaturas devem cair com maior intensidade, e as ocorrência de geadas aumentam, especialmente no sul dos Estado e na região da Serra da Mantiqueira, enquanto que a umidade do ar ficará baixa durante as tardes, especialmente no interior.

Já o regime de chuvas deve ficar próximo à média, e o maior número de precipitações deve se concentrar entre o sul e leste do Estado. Na capital o índice é de 188,8mm de chuvas em março e em abril a média é de 80,2mm, chegando aos 56,4mm em junho.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber