Mais lidas
Geral

Dados sigilosos de estudantes vazam em portal da rede estadual de SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dados de estudantes da rede estadual de São Paulo foram expostos na internet após o vazamento nas redes sociais de uma planilha com senhas de acesso a uma plataforma da Secretaria Estadual de Educação. O portal deveria conter informações dos 3,8 milhões de alunos da rede.

O site foi retirado do ar nesta terça-feira (14), após denúncia do jornal "O Estado de S. Paulo". De acordo com reportagem do Estado, notas dos estudantes em avaliações oficiais, com descrições dos acertos e erros, seus nomes completos, escola em que estudam e o número de faltas individuais foram liberados a qualquer pessoa na rede.

Os dados são restritos às escolas, nem os estudantes podem entrar no sistema. De acordo com a Secretaria, novas senhas devem ser geradas e o site deve voltar ao ar nesta quinta-feira (16).

A pasta registrou um boletim de ocorrência e informou que abrirá uma sindicância para apurar como estas informações foram parar na internet. A pasta ressaltou que não houve prejuízo pedagógico com o vazamento.

A segunda versão da Plataforma Foco Aprendizagem foi lançada em 2016 passado com o objetivo de auxiliar as escolas a identificar problemas de aprendizagem de seus alunos. Nele os professores e gestores têm acesso a dados das últimas edições do Saresp, prova de avaliação da rede estadual e também do Saeb, avaliação federal. A plataforma possibilitaria fazer um diagnóstico completo do aluno, mesmo que ele tenha vindo de outras turmas ou escolas da rede.

Ainda em processo de implementação, é considerada umas das apostas do governo estadual para melhorar o desempenho das unidades no principal índice de avaliação educacional de São Paulo, o Idesp.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber