Mais lidas
Geral

Gig desfila mistura tricô de luxo com referências esportivas

.

PEDRO DINIZ E LUIGI TORRE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A vontade de criar um guarda-roupa urbano para diferentes tipos de consumidor é tema recorrente no segundo dia da São Paulo Fashion Week. Depois de Vitorino Campos e Ellus, a mineira Gig Couture também propôs uma releitura do tema.

"A ideia é dar tratamento de luxo para as roupas do dia a dia", disse à reportagem a estilista Gina Guerra, que aplicou o melhor do seu tricô tecnológico em peças de inspiração nos anos 1970, 1980 e 1990.

Peças utilitárias, a exemplo de parcas, casacos de moletom e calças "jogging", compuseram a imagem esportiva buscada pela estilista.

As silhuetas alongadas e sobreposições de casacos sobre túnicas geométricas são destaques da coleção. Os padrões disformes construídos em tecido de jacquard imprimem nobreza às propostas de looks casuais para o dia a dia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber