Mais lidas
Geral

Previsão de nevasca nos EUA provoca cancelamento de quase 7.000 voos

.

WASHINGTON, EUA, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A chegada de uma forte nevasca na costa leste dos Estados Unidos na noite desta segunda-feira (13) levou ao cancelamento de quase 7.000 voos até a terça-feira (14). Segundo a rede CNN, a tempestade de neve deve afetar até 100 milhões de pessoas.

Apesar de possivelmente atingir com mais força as cidades de Nova York e Boston, a previsão fez também com que fosse adiada para sexta-feira a visita da chanceler alemã, Angela Merkel, a Washington, marcada inicialmente para esta terça. Merkel afirmou que Trump telefonou para explicar a gravidade da esperada tempestade.

De acordo com o site Flight Aware, que monitora atrasos de voos em todo o mundo, 1.608 voos com origem ou destino nos EUA tinham sido cancelados na segunda-feira e outros 5.217 até a noite desta terça-feira -a grande maioria deles na costa leste do país.

O Serviço Nacional de Meteorologia emitiu alertas de nevasca em partes da Pensilvânia, Nova Jersey, Nova York e Connecticut, com previsões de até 60 cm de neve em alguns locais até o início da quarta-feira.

A situação afetou voos que saem do Brasil ou vêm para o país. A Latam informou que estão canceladas todas as viagens que têm Nova York como origem ou destino, mesma medida tomada pela American Airlines e pela Delta.

A United disse que, até a noite desta segunda, estava cancelado seu único voo que sai da cidade para o aeroporto de Guarulhos. Outras rotas, no entanto, ainda poderiam ser afetadas ao longo do dia.

As companhias orientam os passageiros a conferir o status de seus voos no site e afirmam que não será cobrada taxa de remarcação no caso das viagens canceladas pela nevasca.

NEVASCA

A pior nevasca do ano chegará aos Estados Unidos na terça-feira (14), faltando apenas uma semana para o início oficial da primavera.

Mais de meio metro de neve e ventos de até 90 km/h estão previstos para a região de Nova York, Filadélfia e Boston a partir da noite desta segunda, de acordo com o Serviço Nacional Meteorológico (SNM), que emitiu um alerta até a meia-noite de terça-feira.

"Será uma tempestade muito séria e todo mundo deve tratar o assunto com seriedade", alertou o prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

Também espera-se muita neve na capital, onde até 90% de suas cerejeiras em flor pode se ver arruinado se a temperatura cair a -5ºC, segundo o Serviço Nacional de Parques. O momento do ápice do florescimento estava previsto para o próximo final de semana,

"Esperamos algumas inundações esta noite na costa a amanhã (terça-feira) com a subida da maré, e com a neve caindo, é perigoso, será perigo estar nas estradas", alertou o prefeito.

"Achamos que será a primeira tempestade de neve da temporada. No correr do ano, tivemos temperaturas muito acima do normal, de forma que este é realmente o primeiro período de frio", explicou Melissa di Spigna, da SNM.

A pior nevasca na história de Nova York aconteceu em janeiro de 2016, com um saldo de 18 mortos. O Central Park bateu recorde com 67 cm de neve em um único dia.

"Estamos nos preparando para uma tempestade significativa na terça, e os nova-iorquinos devem se preparar para a neve e as condições perigosas nas estradas", afirmou o prefeito Bill de Blasio em um comunicado.

Apesar de o horário de verão ter começado no sábado, atrasando o anoitecer em uma hora, os nova-iorquinos ainda enfrentam temperaturas abaixo de zero e não puderam se despedir ainda de seu longo inverno.

A temperatura em Nova York era de -4ºC no meio da manhã desta segunda, apesar do dia ensolarado e sem nuvens. Pode cair a -6,7ºC na terça e nos três dias seguintes. A média para esta época do ano é de 1 a 8ºC.

"A neve se estenderá através do nordeste do país, do norte da Filadélfia, da cidade de Nova York até a Nova Inglaterra, onde esperamos a maior quantidade de nove", afirmou Di Spigna.

As escolas já anteciparam que não haverá aulas na terça. Caminhões da prefeitura estão espalhando sal pelas ruas e avenidas para evitar o acúmulo de neve, e a mesma coisa está sendo feita por comerciantes e moradores.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber