Mais lidas
Geral

Doria estende prazo para criação de vagas em creches em São Paulo

.

ARTUR RODRIGUES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito João Doria (PSDB) ampliou o prazo para cumprir a promessa de zerar a fila por vagas em creches em São Paulo. Agora, ele promete zerar o deficit até março de 2018 -o compromisso inicial era fazer isso até dezembro deste ano.

Doria já havia feito um recuo com relação ao número de vagas prometidas. Na campanha eleitoral, ele havia dito que "no prazo máximo de um ano" iria "zerar o deficit das 103 mil crianças fora de creches".

Após assumir, o prefeito revisou a meta para 65,5 mil vagas, que é a fila por vagas registrada em dezembro de 2016, último mês da gestão Fernando Haddad (PT). Esse é o dado mais atual sobre a demanda.

O prefeito promete criar 96 mil vagas de creche até 2020, último ano do mandato. O plano de criação de vagas foi apresentado nesta sexta-feira (3).

A aposta do governo tucano é financiar o aumento de vagas por meio de doações de empresas e pessoas físicas ao Fumcad (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente). Na próxima semana, diz a gestão, será lançada ação para captação de verbas para o fundo.

A ideia de construir creches em agências bancárias vazias também foi abandonada. O prefeito disse ao jornal Valor que a ação avançou pouco junto aos bancos. A participação de bancos, segundo Doria, deve ocorrer agora por meio de doações ao Fumcad. Entre os bancos, apenas o Banco do Brasil disponibilizou dois locais para a construção de creches.

A ampliação de vagas se dará por meio de parcerias com organizações dá sociedade civil, as chamadas OSs, e não por construções de novas creches. A ampliação por convênios já havia sido a estratégia de Haddad, cuja gestão criou 70 mil vagas (comparando dezembro de 2012 com o mesmo mês de 2016).

A prefeitura afirma que a prioridade será a criação de vagas em bairros com maior vulnerabilidade. Bairros dos extremos sul, leste e norte da cidade concentram as maiores filas por creche.

A respeito do novo prazo, o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, afirmou que o programa está sendo lançado agora e que precisou de um tempo para ser desenhado. O secretário disse ainda que a meta da gestão é ousada, por prever no prazo de pouco mais de um ano quase a mesma quantidade de vagas em creche feita por Haddad.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber