Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Carnaval tem mais mortes nas estradas paulistas que no ano passado

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de pessoas mortas nas rodovias paulistas durante o feriado de Carnaval teve um leve aumento em relação ao mesmo período de 2016. Foram 18 mortes este ano, uma a mais do que no ano passado.

Os dados fazem parte de um balanço do CPRv (Comando do Policiamento Rodoviário de São Paulo), órgão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, realizado entre entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março de 2017. O CPRv monitora cerca de 22 mil quilômetros da malha rodoviária do Estado de São Paulo.

O número de acidentes com vítimas caiu 17,8%, passou de 341, em 2016, para 280, este ano. Também houve queda no número de vítimas graves (de 91, em 2016, para 87 acidentados), e no de vítimas leves (de 454 pessoas com ferimentos leves, em 2016, para 345).

Mesmo com a queda nestes indicadores, o Comando do Policiamento Rodoviário de São Paulo não comemora o resultado. "A maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, estando presente, infelizmente, na maioria dos casos, a imprudência dos condutores e pedestres", diz, em nota.

Em 26 mil veículos fiscalizados, houve mais de 20 mil infrações -sem incluir as aferidas por radares. Mais de 7.800 condutores foram submetidos ao teste do bafômetro. Desses, 1.222 foram autuados por dirigir sob efeito de álcool ou de outras substâncias e 23 presos em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante.

CONCESSIONÁRIAS

A Artesp (Agência de Transporte de São Paulo) registrou 20% menos mortes nas estradas paulistas sob concessão no feriado de Carnaval em comparação ao mesmo período do ano passado.

Das 18h da última sexta (24) até as 2h59 desta terça 28), a agência registrou oito mortes ante dez no mesmo período de 2016. Já a quantidade de acidentes reduziu 12%, passando de 569 casos para 502 em 2017.

O balanço da agência também aponta redução do número de feridos, que passou de 330, em 2016, para 266 este ano. A expectativa da Artesp era que 3,7 milhões passassem pelos 6.900 quilômetros de rodovias estaduais entre sexta e quarta (1º).

"Nos feriados, as ações de operação e educação no trânsito são intensificadas. Mas trabalhamos diariamente com segurança viária para alcançar a meta de redução de 50% do número de mortes nas rodovias até 2020", diz Giovanni Pengue Filho, diretor-geral da Artesp.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber