Mais lidas
Geral

Governo alemão critica Turquia por prisão de correspondente no país

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O embaixador turco foi convocado a dar explicações ao governo alemão por conta da prisão de um correspondente de um jornal alemão na Turquia.

O jornalista Deniz Yucel, 43, que tem dupla nacionalidade e é correspondente do diário Die Welt, é acusado de fazer "propaganda de terrorismo" e "incitar violência". Ele pode ser condenado a dez anos e meio de prisão.

Entre as acusações, uma entrevista dele com o líder do separatista Partido dos Trabalhadores do Curdistão, que é ilegal, em 2015. Mas, principalmente, por ter noticiado o vazamento de milhares de e-mails do genro do primeiro-ministro Racyip Erdogan, Berat Albayrak, que é ministro da Energia da Turquia.

Nos e-mails, obtidos por um grupo de hackers de esquerda, Albayrak falava de negócios e fazia indicações para uma empresa que detém o monopólio da logística de transporte de petróleo no Curdistão.

A chanceler alemã, Angela Merkel, chamou a prisão de "desproporcional" e "decepcionante", e exigiu um julgamento "justo e legítimo" para Yucel, que "leve em conta a alta importância da liberdade de imprensa para sociedades democráticas".

Seu ministro das Relações Exteriores, Sigmar Gabriel, disse que a prisão do jornalista "é um dos grandes desafios da relação bilateral na era moderna" e que expõe as diferenças entre os dois países sobre liberdade de imprensa. "É extraordinariamente difícil trabalhar assim para promover as relações entre os dois países", disse Gabriel a repórteres em Berlim.

Desde um fracassado golpe de Estado contra Erdogan, em julho passado, o regime turco deteve ou demitiu milhares de funcionários públicos, militares, políticos e jornalistas, em uma política denunciada por organizações de direitos humanos como cada vez mais repressiva.

Segundo a organização Comitê para a Proteção dos Jornalistas, 81 jornalistas estavam presos na Turquia em dezembro, quase um terço do total mundial de profissionais da mídia detidos. Yucel é o primeiro jornalista com passaporte alemão a ser preso -nascido na Alemanha, ele é filho de imigrantes turcos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber