Mais lidas
Geral

Daniela Mercury reverencia a Tropicália

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - À frente de um trio sem cordas, aberto ao público, a cantora Daniela Mercury faz uma homenagem aos 50 anos do movimento tropicalista nesta terça-feira (28) no circuito do Campo Grande, em Salvador.

Ao lado das cantoras Márcia Short e Márcia Castro, Daniela cantou a música "Batmacumba", um dos marcos do movimento musical e artístico capitaneado por Caetano Veloso e Gilberto Gil.

"A gente tem a alegria de ser da terra dos tropicalistas, um dos maiores movimentos da face da terra. Esta é para Caetano, Gil, Tom Zé, Rita Lee, todos os tropicalistas. Sem eles não estaríamos aqui", disse Daniela, que na sequência emendou a música "Rainha do Axé".

No desfile desta terça, Daniela Mercury faz uma homenagem ao empoderamento feminino e desfila com uma roupa colorida e corpo pintado. Pó colorido foi lançado quando a cantora cantou "Canto da Cidade", colorindo os foliões.

Nos dois desfiles anteriores neste Carnaval, no bloco Crocodilo, a cantora falou dos empoderamentos gay e negro. Na segunda-feira (27), ela desfilou com um penteado Black Power e teve como convidados em seu trio os o ator Lázaro Ramos e e a atriz Taís Araújo.

PSIRICO

O cantor Márcio Victor, da banda Psirico, fez uma homenagem ao samba-reggae nesta terça puxando o bloco Inter, um dos mais antigos e tradicionais blocos de trio de Salvador.

Dividindo os vocais com as cantoras Márcia Short e Ana Mametto, a banda cantou clássicos do samba-reggae como "Crença e Fé", da Banda Mel, e "Faraó, a Divindade do Egito", do Olodum, ao atravessar a passarela Nelson Maleiro, início do circuito do Campo Grande.

Márcio Victor também dividiu os vocais com MC Beijinho cantando a música "Me libera, nega", um dos hits do Carnaval deste ano, e também tocou sucessos como "Mulheres no Comando, Mulheres no Poder", música de trabalho do Psirico no Carnaval deste ano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber