Mais lidas
Geral

Carmelitas criticam impeachment e Temer

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Embalados por um samba com críticas políticas, os foliões que acompanham o cortejo do Bloco das Carmelitas gritaram "fora Temer" em coro três vezes no desfile da manhã desta terça-feira (28), em Santa Teresa, no Rio.

A letra critica o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, o governador do Rio Luiz Fernando Pezão, o presidente Michel Temer e a equipe de procuradores que atua na Operação Lava Jato.

A música não deixa de fora a realidade local. Ela se chama "Mãos ao alto! Vinte reais é um assalto", em referência ao preço do bondinho de Santa Teresa, que subiu para R$ 20.

O samba afirma ainda que a freira Carmelita, que dá nome ao bloco, clama por democracia, tolerância e respeito.

FANTASIA

As fantasias de freira são as que mais chamam atenção no bloco.

Na história criada pelos organizadores do bloco, o público usa essas fantasias para ajudar uma freira a passar despercebida entre os foliões do Carnaval. A religiosa teria fugido do convento para pular carnaval.

"Neste ano as freirinhas vieram pular carnaval e rezar para a situação no país melhorar", disse a aposentada Shirley Moreira, 80, a mais velha de um grupo de sete foliões que todos os anos vêm de Jacarepaguá desfilar com as Carmelitas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber