Mais lidas
Geral

Comédia alemã 'Toni Erdmann' desbanca "Aquarius" no 'Oscar indie'

.

FERNANDA EZABELLA

LOS ANGELES, ESTADOS UNIDOS (FOLHAPRESS) - O brasileiro "Aquarius" perdeu para a comédia alemã "Toni Erdmann" o prêmio de melhor filme estrangeiro do Spirit Awards, premiação do cinema independente dos EUA, que acontece neste sábado na praia de Santa Mônica, em Los Angeles.

O evento, que é transmitido ao vivo no Brasil pelo canal a cabo A&E, acontece na véspera do Oscar e prestigia produções feitas com orçamento de até US$ 20 milhões.

"Toni Erdmann", indicado ao Oscar da mesma categoria, é uma comédia dramática com mais de 2h30 de duração sobre o relacionamento entre pai e filha, ele um professor de música que gosta de fazer pegadinhas de gosto duvidoso, e ela uma alta executiva sem tempo para a família.

Após a morte de seu cachorro, o pai resolve fazer uma visita surpresa para a filha em Bucareste, onde ela trabalha como consultora na indústria do petróleo. Entre colegas hostis e chefes machistas, ela agora precisa lidar com as inusitadas brincadeiras do pai, muitas envolvendo uma dentadura falsa e a criação de personagens fictícios.

Outros vencedores do Spirit Awards até agora foram "Moonlight - Sob a Luz do Luar", com melhor roteiro, fotografia, montagem e elenco, "O.J.: Made in America" com melhor documentário e "A Qualquer Custo", com melhor ator coadjuvante para Ben Foster. Todos concorrem neste domingo ao Oscar, em diferentes categorias.

"Toni Erdmann" também concorre ao Oscar, no domingo, contra "Land of Mine" (Dinamarca), "Tanna" (Austrália), Um Homem Chamado Ove" (Suécia) e "O Apartamento" (Irã).

Produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, o longa de terror "A Bruxa", sobre uma família religiosa que encontra forças sobrenaturais na sua fazenda no século 17, ficou com os prêmios de melhor filme de estreia e roteiro de estreia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber