Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Geral

Dez dicas e dez roubadas para quem vai curtir o Carnaval em Salvador

.

JOÃO PEDRO PITOMBO

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Aproveitar o máximo é um dos desejos de qualquer folião no Carnaval. E numa das maiores festas do país, em Salvador, atrações sobram para quem quiser ficar a semana inteira na festa. Para isso, organizar-se de antemão pode ser fundamental. Até para não cair em roubadas.

Veja a seguir dez dicas sobre o que fazer e dez conselhos para evitar roubadas que a reportagem separou para quem quiser curtir a folia nas ruas da capital baiana.

DICAS: pôr do Sol no Farol

A saída de trios do Farol da Barra no final da tarde é a oportunidade de aproveitar o Carnaval e aproveitar um dos lugares com o pôr do sol mais bonito da cidade. Se estiver no circuito do Campo Grande, a melhor vista é a da praça Castro Alves.

ROUBADA: ir de carro

Se vai para um dos circuitos do Carnaval, deixe o carro em casa. As opções de estacionamento são mínimas e as chances de seu carro ficar num local distante são enormes. Além disso, há guardadores de carro cobrando preços extorsivos no entorno dos três principais circuitos.

DICA: saída do Ilê

Fugindo dos circuitos tradicionais da festa, vale ir à Senzala do Barro Preto no sábado (25) para conferir a saída do Ilê Aiyê, um dos mais tradicionais blocos afros de Salvador. O bloco percorre as principais ruas do Curuzu, no bairro da Liberdade. De lá, segue para o Campo Grande.

ROUBADA: comida de rua

Espetinho, queijo coalho, cachorro-quente, batata frita. Não faltam opções de comida de rua no Carnaval. Mas não custa evitar alimentos de procedência duvidosa e manuseados sem higiene. Dê preferência a food trucks e lanchonetes no entorno dos circuitos.

DICA: Habeas Copos

Na quarta-feira (22), abertura oficial do Carnaval, vá conferir os bloquinhos que desfilam acompanhados de bandas de fanfarra na Barra. Destaque para os tradicionais Habeas Copos e Gravata Doida. É um dos espaços mais democráticos da festa em Salvador.

ROUBADA: táxis e mototáxis

Taxistas costumam cobrar preços fora do taxímetro para corridas mais curtas. Se isso acontecer com você, denuncie no telefone 118. Os mototaxistas são liberados durante o Carnaval. Mas atenção com os clandestinos: os profissionais autorizados estarão uniformizados e usam equipamentos de segurança como capacete e colete sinalizador.

DICA: Cravinho no Pelô

No Pelourinho, experimente o tradicional "Cravinho", bebida de infusão à base de cravo, mel e limão. Se aguentar a segunda e a terceira doses, tente também as infusões "Senzala" e "Jatobá". Mas é bom maneirar: as bebidas são fortes e, reza a lenda, afrodisíacas.

ROUBADA: infusões

Clandestinos costumam vender bebidas de infusões como "cravinho" e "príncipe maluco" ou batidas como "capeta". Evite. Como não há garantia da procedência da bebida, dê preferência à cerveja.

DICA: Furdunço

Na tarde da sexta (24) de Carnaval, o Campo Grande é invadidos por fanfarras e minitrios no Furdunço, espaço onde são proibidos grandes trios e blocos com cordas. Lembre de clássicos do axé acompanhando o Pranchão do Alavontê e confira o Navio Pirata, minitrio da BaianaSystem.

ROUBADA: banheiros

Problema crônico em festas como a de Salvador, os banheiros químicos são insuficientes e quase sempre estão sujos. O resultado é que a maioria dos homens apela para o xixi na rua, espalhando cheiro de urina no entorno dos circuitos.

DICA: Filhos de Gandhy - Ajaiô!

Não deixe de conferir o desfile bloco Filhos de Gandhy. Fundado por estivadores nos anos 1940, é o principal e mais famoso afoxé do Carnaval de Salvador e enche a avenida com suas roupas e turbantes brancos e cheiro de alfazema. Mas atenção, mulheres: um colar do Ghandy vale um beijo.

ROUBADA: show em camarote

Nada contra, mas vá lá: não é preciso vir para o Carnaval para assistir um show privado de um cantor sertanejo ou um DJ famoso. Se vai para um camarote, conecte-se com a avenida. A energia da festa está lá.

DICA: roupas confortáveis

O calor do verão em Salvador castiga. Use roupas leves e confortáveis e evite salto alto: são grandes as chances de ele ficar encravado em uma das ladeiras de pedra do Pelourinho.

ROUBADA: colar na corda

Se você gosta de um artista, mas não conseguiu um abadá do bloco, procure um espaço para acompanhar a passagem do bloco. Mas pense duas vezes antes em seguir o trio elétrico de fora da corda. A junção das músicas agitadas do ex-chicleteiro e espaço apertado pode ser sinônimo de confusão.

DICA: praias

Separe um dia para aplacar o calor do verão de Salvador na praia. Na capital, as praias de Stella Maris, Flamengo e Aleluia são as mais recomendadas. Se quiser esticar um pouco mais, suba o litoral norte vá até Itacimirim, Praia do Forte e Imbassaí.

ROUBADA: praias

Evite as praias próximas ao circuito da festa -como Porto da Barra, Farol da Barra e Ondina- que costumam receber mais lixo do que o normal no período de Carnaval. Se quer praia, separa um dia e vá para uma mais distante dos circuitos da folia.

DICA: madrugada no Farol

Novidade do Carnaval deste ano, palco montado junto ao Farol da Barra estica a festa com shows que mesclam artistas de axé com uma programação mais alternativa que inclui Emicida e BNegão.

ROUBADA: pipoca na Barra ou Avenida Sete

Se acompanhar seus artistas favoritos em um ponto fixo como "folião-pipoca", escolha bem onde ficar. Nos circuitos Dodô e Ondina possui mais espaço para brincar fora das cordas do que na Barra. No circuito Osmar, evite a estrita Avenida Sete de Setembro. Fixe-se no Campo Grande ou Praça Castro Alves.

DICA: saia cedo

Evite os engarrafamentos no entorno dos circuitos da festa. Chegue cedo e prefira ônibus ou táxis para chegar à rua, bloco ou camarote preferido.

ROUBADA: monopólio da cerveja Nos circuitos do carnaval de Salvador, haverá cerveja de uma só marca. A restrição segue o "modelo Fifa" e faz parte do acordo de patrocínio firmado pela prefeitura.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber