Mais lidas
Geral

Morador de SP considera saúde maior problema da cidade, diz Datafolha

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após os primeiros 30 dias da gestão João Doria (PSDB), a maioria (29%) dos paulistanos considera a saúde o principal problema de São Paulo. Já a área de segurança passou a ser a segunda maior preocupação dos moradores da cidade 19% dos entrevistados. Na última pesquisa, de setembro de 2015, 32% viam na saúde o grande drama paulistano. Em seguida, vinham juntos segurança e transporte (13% e 11%, respectivamente).

A pesquisa divulgada no último domingo (12) mostrou que Doria tem 44% de aprovação dos paulistanos.

Segundo o levantamento, esse é o percentual de moradores os quais consideram que o tucano, eleito no primeiro turno, está fazendo uma gestão boa ou ótima.

Outros 33% avaliam seu governo como regular, 13%, ruim ou péssimo, e 10% não opinaram. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

O resultado da pesquisa ocorre mesmo após a criação do Corujão da Saúde, que existe há pouco mais de um mês e é avaliado como ótimo ou bom por 67% dos paulistanos, segundo a pesquisa.

O mutirão de médicos lançado por Doria para zerar a fila de cerca de 485 mil exames na capital tem maior índice de aprovação entre pessoas com nível superior (69%) e com renda familiar entre cinco e dez salários mínimos (71%).

VIOLÊNCIA

Entre os paulistanos mais jovens (16 a 24 anos), a segurança aparece como principal problema (23%), seguido de saúde (17%) e transporte (13%).

Já os mais velhos colocam saúde e segurança num patamar semelhante de preocupação 28% e 22%, respectivamente.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber