Mais lidas
Geral

Diretor da OAB e família são mortos em casa em São Gonçalo, no Rio

.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um diretor da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), sua mulher e sua filha foram assassinados a tiros dentro de casa na madrugada desta sexta-feira (17) em São Gonçalo, região metropolitana do Rio.

Wagner da Silva Salgado, 47, era diretor de eventos da subseção de São Gonçalo da OAB, e foi encontrado por policiais e bombeiros ainda com vida, mas morreu no hospital.

Sua mulher, Soraya Gonçalves de Resende, 37, e a filha deles, Geovanna, já estavam mortas quando a polícia chegou à residência, localizada no bairro Barro Vermelho.

Salgado era advogado cível e trabalhava há mais de um ano como diretor da OAB, informou a entidade.

"A gente não tem pista do que pode ter acontecido aqui", disse o presidente da OAB de São Gonçalo, Eliano Enzo.

Em nota oficial, o presidente da OAB Rio, Felipe Santa Cruz, disse que entrou em contato com a Secretaria de Segurança para exigir rapidez na investigação. "Não vamos descansar enquanto esse crime não for esclarecido", afirmou.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber