Geral

Trump indica jurista Alexander Acosta para secretário do Trabalho

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quinta-feira (16) o jurista Alexander Acosta como sua nova indicação para secretário do Trabalho.

Formado pela Universidade Harvard, Acosta é diretor da Faculdade de Direito da Universidade Internacional da Flórida. Ele integrou o Conselho Nacional de Relações Trabalhistas entre 2002 e 2003, durante a administração George W. Bush, e depois, ocupou cargo auxiliar no Departamento de Justiça até 2005.

Acosta será um "tremendo" secretário, disse Trump em sua primeira entrevista coletiva sozinho como presidente. Nas últimas semanas, o republicano concedeu entrevistas ao lado de líderes estrangeiros que visitavam Washington.

Mais cedo, em encontro com congressistas republicanos, Trump havia classificado seu nomeado para chefiar a Secretaria do Trabalho como "realmente fenomenal".

O anúncio ocorre um dia depois de Andrew Puzder desistir de sua indicação para a pasta. O empresário do setor de lanchonetes fast-food enfrentou grande resistência de senadores democratas e republicanos, o que deveria impedir sua confirmação para integrar o gabinete de Trump.

O republicano sofre a maior resistência a um gabinete presidencial desde os anos 1980.