Mais lidas
Geral

Irmão de Kim Jong-un é assassinado na Malásia, dizem agências

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O meio-irmão do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, foi assassinado na Malásia, informou nesta terça-feira (14) a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

A agência citou uma fonte do governo de Seul segundo a qual Kim Jong-nam foi morto na segunda-feira (13) -irmão mais velho do líder norte-coreano, ele era conhecido por viver fora de seu país de origem. A fonte não divulgou mais detalhes, e as autoridades de Seul não comentaram a informação em caráter oficial.

A polícia da Malásia disse à agência de notícias Reuters que um norte-coreano não identificado morreu no caminho entre o aeroporto de Kuala Lumpur e o hospital.

Um funcionário do setor de emergência do hospital Putrajaya disse que o homem morto havia nascido em 1970 e tinha o sobrenome Kim.

A emissora sul-coreana Chosun disse, com base em fontes do governo de Seul, que Kim foi envenenado no aeroporto de Kuala Lumpur por dois supostos agentes norte-coreanos, que permaneciam foragidos.

Kim Jong-nam tinha preferência sobre seu irmão mais novo na linha sucessória do regime da Coreia do Norte. Entretanto, ele foi pego em 2001 ao tentar entrar no Japão com um passaporte falso, dizendo que queria visitar a Disneylândia, em Tóquio. Desde então, ele vive fora da Coreia do Norte.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber