Geral

No Rio, blocos atraem milhares de foliões apesar de protestos

.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - No penúltimo fim de semana antes do Carnaval, milhares de pessoas foram às ruas no Rio para se divertir com os blocos que desfilaram na cidade.

Nem o forte calor nem os protestos de mulheres de policiais, que têm gerado boatos de redução no policiamento, afastaram os foliões.

Logo no início da manhã, o Volta, Alice atraiu uma multidão para seu desfile em Laranjeiras, na zona sul da cidade. Com o samba "Mais amor, por favor", o bloco esperava receber 10 mil pessoas.

No mesmo horário, em São Conrado, também na zona sul, o bloco Chame Gente trouxe um pouco do carnaval de Salvador para o Rio. Em um trio elétrico, Pipo e Bel Marques tocavam axé para os foliões.

Por volta das 13h, debaixo de sol forte, o bloco Calma, Calma, Sua Piranha iniciou seu desfile pelas ruas de Botafogo.

No fim da tarde, a Orquestra Voadora tomou as pistas do Aterro do Flamengo para mais um ensaio para seu cortejo de carnaval, que acontece no dia 28.

No sábado (11), dois grandes blocos levaram multidões às ruas da cidade: na Gávea, o Desliga da Justiça concentrou foliões fantasiados de super-heróis e, em Ipanema, a Banda de Ipanema fez o primeiro de seus três desfiles oficiais homenageando ícones da cultura popular, como o apresentador Chacrinha, a cantora Dalva de Oliveira e o maestro Severino Araújo.

O comando da Polícia Militar diz que o patrulhamento não está sendo afetado pelos protestos de mulheres de policiais nas portas dos batalhões.

A corporação tem usado estratégias como fazer as trocas de turno fora dos batalhões ou transportar equipes de helicóptero para burlar os bloqueios. Nas redes sociais, vem postando uma série de fotos de policiais e viaturas nas ruas, com o objetivo de tranquilizar a população.