Mais lidas
Geral

Em Atenas, Alexis Tsipras se diz confiante na retomada da economia

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras afirmou neste sábado (11) acreditar que a retomada do resgate será concluída positivamente, mas repetiu que Atenas não aceitará exigências "ilógicas" por parte de seus credores.

Ele alertou ambos os lados a serem "mais cuidadosos em relação ao país que tem sido saqueado e ao povo que fez, e continua a fazer, muitos sacrifícios em nome da Europa".

A Grécia e seus credores internacionais fizerem progresso nesta sexta (10) ao reduzir as diferenças sobre o caminho fiscal dos próximos anos, e sinalizaram um acordo que poderá garantir novos empréstimos e salvar o país da inadimplência.

Tsipras subiu o tom contra o FMI (Fundo Monetário Internacional) e Wolfgang Schäuble, ministro de Finanças da Alemanha, sobre o bloqueio e a dívida grega, mas mostrou-se otimista quanto ao futuro econômico da Grécia.

"(A retomada) será completa, e será completa positivamente, sem concessões em questão de princípios", disse Tsipras em reunião de seu partido Syriza.

Mesmo assim o primeiro-ministro mandou um recado ao órgão internacional. "Esperamos que o FMI revise o quanto antes suas previsões, para que as discussões possam continuar em nível técnico", afirmou.

Dirigindo-se a Angela Merkel, Tsipras pediu que a premiê "fale com seu ministro de Finanças e ponha um fim a agressividade permanente", sobre a Grécia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber