Geral

França julgará ex-presidente Sarkozy por financiamento ilegal de campanha

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy será julgado por acusações de financiamento irregular de sua tentativa fracassada de reeleição em 2012, disse uma fonte judicial nesta terça-feira (7).

A fonte acrescentou que outras 13 pessoas também serão julgadas pelo chamado "Bygmalion Affair", que envolve acusações de despesas excessivas e irregularidades em financiamentos.

A Justiça acusa Sarkozy de ter superado de forma deliberada o teto de gastos, de 22,5 milhões de euros (R$ 75 milhões), autorizado pela lei.

A decisão de colocar Sarkozy sob julgamento acontece à medida que políticos franceses enfrentam pressão crescente por suas finanças pessoais antes da eleição presidencial, em abril e maio.

O ex-premiê François Fillon, candidato à Presidência do partido conservador Os Republicanos (o mesmo de Sarkozy), é acusado de empregar sua mulher para uma função pública que ela não exerceu. Fillon empregou também dois de seus filhos como advogados, segundo a mídia local.

A revelação do escândalo envolvendo Fillon, cuja candidatura tinha favoritismo, deve embaralhar o cenário das eleições na França.