Geral

Antônio defende irmão e diz que 'iria pra porrada' com Marcos

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-participante do "BBB 17" Antônio defendeu o irmão gêmeo Manoel após a briga que o brother teve com o médico Marcos.

"Eu iria pra porrada com ele [Marcos]", disse Antônio em entrevista ao "Gshow".

A confusão aconteceu depois que Ilmar e Marcos jogaram espuma de barbear nos participantes Mayara, Luiz Felipe e Manoel. A "trollagem" fazia parte do Castigo do Anjo, que consiste em "manifestar seus instintos mais profundos" ao toque de um sinal, enquanto se vestem de lado bom e lado mau de um cérebro.

Os brothers e sisters, porém, acreditam que as brincadeiras da dupla estão passando dos limites.

Durante o desentendimento, Marcos acabou batendo com a mão no rosto de Manoel, que perdeu a cabeça. "Eu vou te processar, seu otário, seu playboy. Vai tomar no c... Eu vou te quebrar na porrada, seu comédia", gritava o gêmeo, que precisou ser contido pelos colegas.

O irmão Antônio também concorda que Ilmar e Marcos exageraram nas brincadeiras. "A partir do momento em que você está num ambiente e você tem que conviver com outros tipos de pessoas, tem que respeitar o espaço do outro. O Marcos quis aparecer", disse.