Mais lidas
Geral

ATUALIZADA - Chuva causa alagamentos, quedas de árvores e prejudica aeroporto em SP

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pancadas fortes de chuva voltaram a causar estragos na capital paulista nesta segunda-feira (6). Toda a cidade foi colocada em estado de atenção para alagamento e as subprefeituras da Penha e de Itaquera em alerta por conta do transbordamento do córrego Franquinho e do rio Verde, respectivamente.

Por volta das 19h50, havia registro de nove pontos de alagamento intransitáveis e sete árvores caídas na cidade. Ao menos, três voos que pousaria no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP), preferiram seguir até o Galeão, no Rio, por conta da grande quantidade de raios, afirmou a concessionária responsável.

As áreas de instabilidade registradas nesta noite são resultado da alta umidade e forte calor, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), da prefeitura. A temperatura média de São Paulo chegou a 31,3°C durante a tarde.

Por volta das 19h40, as zonas oeste e leste concentravam o maior número de alagamentos da cidade. Já as quedas de árvores estavam, principalmente, nas regiões da Lapa, Casa Verde e Perus, segundo a prefeitura. Houve registro de granizo na região do Bom Retiro (centro).

Apesar da chuva forte, não houve registro de problemas nos aeroportos de Congonhas (zona sul) ou nas linhas de trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Cumbica também não chegou a fechar, apesar da decisão de alguns pilotos de não pousar no local.

Segundo o CGE, o tempo não deve ter grande mudança na região metropolitana de São Paulo na terça (7), com calor e pancadas isoladas. Já a quarta (8) será marcada por aumento de nebulosidade na faixa leste do estado e o retorno das chuvas mais volumosas entre o fim da tarde e o início da noite.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber