Mais lidas
Geral

Kristen Stewart ironiza Trump e revela orientação sexual em programa

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Kristen Stewart ironizou o presidente Donald Trump e assumiu a sua orientação sexual durante o programa "Saturday Night Live" deste sábado (4).

"Estou um pouco nervosa por estar apresentando o programa, porque eu sei que o presidente deve estar assistindo e ele não gosta muito de mim", disse.

O motivo? Mensagens no Twitter publicadas pelo presidente quatro anos atrás e "ressuscitadas" pela atriz. Na época, Stewart e seu ex-namorado, Robert Pattinson, viveram uma espécie de crise após uma traição, e Trump fez questão de se manifestar sobre o caso.

"Nós terminamos e voltamos, o que, por algum motivo, fez o Trump ficar insano", afirmou.

Em seguida, exibiu os tweets do agora presidente dos Estados Unidos sobre o episódio. Em um deles, Trump diz que Robert Pattinson não deveria aceitar Kristen Stewart de volta: "Ela o traiu como uma cadela e vai fazê-lo de novo. Ele pode fazer muito melhor!".

Segundo a protagonista da saga "Crepúsculo", Trump se manifestou 11 vezes no Twitter sobre o casal. Para Stewart, a obsessão pelos dois teria uma justificativa: "Eu não acho que ele me odiava. Eu acho que ele estava apaixonado pelo meu namorado", ironizou.

Em seguida, assumiu a sua orientação sexual: "Donald, se você não gostava de mim antes, provavelmente não vai agora porque eu sou tão gay, cara", revelou.

As atrizes Kate McKinnon e Aidy Bryant, do elenco do programa, também participaram da cena com Stewart.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber