Mais lidas
Geral

Turquia prende mais de 400 suspeitos de pertencer ao Estado Islâmico

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A polícia turca prendeu neste domingo cerca de 420 supostos membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), entre eles estrangeiros, durante uma operação em todo o país, anunciaram as agências de notícias locais Anadolu e Dogan.

A operação acontece pouco mais de um mês depois de um ataque a uma boate de Istambul, que deixou 39 mortos na noite de 31 de dezembro e cuja autoria foi reivindicada pelo EI. A Turquia foi alvo de vários ataques realizados pelo EI e por curdos no ano passado.

Cerca de 150 suspeitos foram detidos em Sanliurfa (sudeste); 60, em Ancara; e dezenas mais em outras províncias, segundo as fontes. Entre os presos em Ancara há estrangeiros.

Na habitualmente tranquila cidade de Izmir, foram detidas nove pessoas suspeitas de viajar até a Síria e a partir daquele país e planejar atentados, informou a Anadolu.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber