Mais lidas
Geral

Morre Vida Alves, que atuou no primeiro beijo na boca da TV brasileira

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu, às 22h desta terça-feira (3), aos 88 anos, a atriz Vida Alves, conhecida por ter atuado no primeiro beijo da televisão brasileira, em "Sua Vida Me Pertence" (1951), na TV Tupi. Ela também deu o primeiro beijo gay da TV nacional.

A atriz, que estava internada havia uma semana, morreu de falência múltipla dos órgãos, informou sua família. O velório começa às 7h desta quarta-feira (4), no Cemitério do Araçá, em São Paulo. O enterro será às 16h.

Na cena que entrou para a história, Alves beijava o ator Walter Foster -que também era autor do programa. A novela também tinha no elenco Lia Aguira, Lima Duarte e Dionísio Azevedo.

O par romântico era amigo da atriz e de seu marido, a quem ela precisou pedir autorização.

"Foi um beijo técnico. O Walter Foster apareceu na minha casa e disse: vamos ensaiar. Meu marido ficou meio assim, meio esquisito, mas concordou", disse a atriz em depoimento a um programa da emissora britânica BBC em dezembro do ano passado.

"Não foi uma coisa diferente demais. Era um beijo simples, não uma bitoca como falam hoje em dia. Não era uma coisa espantosa, barulhenta. Era apenas um encostar de lábios", disse no mesmo programa.

Já o primeiro beijo gay foi dado no teleteatro "A Calúnia", da Tupi, em 1963. A atriz dava um selinho em Geórgia Gomide, morta em 2011. "Fiz por falta de medo ou de juízo", disse a atriz em uma entrevista.

Nascida na cidade mineira de Itanhandu, Alves vivia em São Paulo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber