Mais lidas
Geral

Ministro do Meio Ambiente de Burundi é morto a tiros na capital

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro da Água e Meio Ambiente, Emmanuel Niyonkuru, 54, foi assassinado nas primeiras horas de 2017 em Burundi.

De acordo com a polícia local, o ministro foi morto a tiros por um assaltante na capital do país, Bujumbura.

O assassinato foi o primeiro no alto escalão do governo desde os distúrbios iniciados após o presidente de Burundi, Pierre Nkurunziza, divulgar em 2015 a intenção de buscar um terceiro mandato.

"O ministro da Água e Meio Ambiente foi morto por um homem armado com arma de fogo quando se dirigia a sua casa, em Rohero, à 0h45 [horário local]", afirmou, em tuíte, o porta-voz da polícia, Pierre Nkurikiye.

De acordo com ele, uma mulher foi presa como parte da investigação.

Também no Twitter, o presidente Nkurunziza ofereceu condolências "à família e para todos os burundianos" e afirmou que o crime não ficará impune.

Pelo menos 500 pessoas morreram e 300 mil já fugiram do país desde o início do conflito, em abril de 2015.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber