Mais lidas
Geral

FBI investiga se avião de pequeno porte que caiu nos EUA foi derrubado

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O FBI (polícia federal americana) investiga a queda de um avião de pequeno porte, ocorrida nesta terça-feira (11) no Estado de Connecticut, no nordeste dos EUA, que matou uma pessoa.

Suspeita-se de que um dos dois ocupantes da aeronave tenha deliberadamente derrubado o avião. O morto foi identificado como o jordaniano Feras M. Freitekh, 28, segundo o jornal "New York Times".

De acordo com a prefeita de East Hartford, Marcia Leclerc, o sobrevivente disse à polícia que a queda não foi acidental. "É preocupante. Mas eu também sei que histórias mudam e informações podem ser distorcidas. Estamos esperando os fatos virem à tona", disse Leclerc à agência Associated Press.

A aeronave caiu em uma rodovia perto da sede da Pratt & Whitney, fabricante de motores de avião. Duas pessoas que estavam em um veículo próximo ao local da queda foram levadas ao hospital com ferimentos leves.

Segundo as autoridades, um piloto aprendiz e um instrutor tentavam pousar o avião Piper PA-34 Seneca no aeroporto na vizinha Hartford, quando atingiu um poste em East Hartford, caiu na rodovia e explodiu.

O avião tinha dois conjuntos de controles. A polícia afirmou, porém, que não se sabe qual dos ocupantes controlava o avião no momento da queda.

Também não estava claro se o sobrevivente, que está hospitalizado com queimaduras graves, era o estudante ou o instrutor.

A proximidade do local da queda com a sede da fabricante de motores levou a polícia local a pedir a ajuda do FBI. A empresa afirmou que suas operações não foram afetadas e que nenhum funcionário estava envolvido.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber