Geral

Trump diz que 'pode fazer qualquer coisa' a mulheres em gravação de 2005

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato a presidente dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Donald Trump, fez em 2005 comentários desrespeitosos sobre mulheres sem saber que era gravado. O jornal "Washington Post" obteve a gravação, revelada nesta sexta-feira (7).

"Você sabe, eu sou automaticamente atraído pela beleza -eu simplesmente começo a beijá-las. É como um ímã. Somente beijo. Eu nem espero", diz Trump na gravação. "E quando você é uma estrela, elas deixam você fazer isso. Você pode fazer qualquer coisa."

"Pegue-as pela xoxota. Você pode fazer qualquer coisa", afirma o republicano.

Na ocasião, Trump estava conversando com o apresentador Billy Bush, do programa de TV "Access Hollywood", da rede de televisão NBC. Eles estavam a caminho do set de uma novela, na qual Trump faria uma participação especial.

O magnata também diz a Bush que uma atriz da novela é "gostosa", além de comentar sobre uma tentativa de seduzir uma mulher casada, na qual não obteve sucesso.

DESCULPAS

Trump pediu desculpas pelo vídeo. "Isso foi uma conversa de vestiário, uma conversa privada que aconteceu muitos anos atrás. O Bill Clinton já me falou coisas muito piores jogando golfe -eu nem chego perto. Eu peço desculpas se alguém ficou ofendido", afirmou o republicano.

O candidato vem sofrendo críticas por seus comentários sobre mulheres. Mais recentemente, foi chamado de "desequilibrado" por sua rival democrata Hillary Clinton por seus ataques à ex-Miss Universo Alicia Machado, a quem acusou de ter gravado uma "fita de sexo".