Geral

Temporal com ventos de 74 km/h deixa carros submersos na Unicamp

.

VENCESLAU BORLINA FILHO
CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) - A forte chuva registrada na tarde desta quarta-feira (2) em Campinas, no interior de São Paulo, alagou áreas do campus da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e atingiu dezenas de veículos, que ficaram praticamente submersos.
A direção da universidade suspendeu o atendimento ao público no período noturno devido à queda de energia, mas as aulas foram mantidas. A direção ainda contabiliza os danos.
De acordo com a Defesa Civil da cidade, choveu 70,8 milímetros em cerca de 70 minutos, o equivalente a 15 dias de chuva para o mês de março. Os ventos alcançaram 74,3 km/h, derrubando ao menos três árvores. A Defesa Civil não registrou feridos.
A área da cidade mais atingida, de acordo com a prefeitura, foi o distrito de Barão Geraldo, onde fica a Unicamp. Ruas ficaram alagadas e taludes de sustentação de terreno caíram. No restante da cidade, também foram registrados danos, porém menores.
Na região de Campinas, a chuva também vem causando transtornos. No fim de semana, moradores de um prédio de Hortolândia (a 109 km de São Paulo) tiveram de deixar os apartamentos devido ao desmoronamento de parte do terreno. Eles foram alojados em hotéis.
Sidnei Furtado, coordenador da Defesa Civil em Campinas, afirmou que até sábado (5) estão previstas fortes chuvas na região, com possibilidade de mais transtornos. Neste ano, Campinas já registrou temporais, como no Ano Novo, quando choveu 110 milímetros.