Geral

Grupo acha cadáver em decomposição em casa alugada perto de Paris

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um grupo de amigos que iria passar o fim de semana em uma casa de campo alugada em Palaiseau, cerca de 25 km ao sul de Paris, encontrou no sábado (27) à tarde um cadáver em decomposição de uma mulher, segundo informou o jornal "Le Parisien".
O corpo foi achado no quintal da propriedade, sob galhos de árvores.
O corpo, com roupas, mas sem sapatos, "estava com o rosto voltado para o solo, em um lugar que foi escavado, coberto de folhas e de galhos", disse um policial da cidade envolvido na investigação.
"Os locatários, que fizeram a terrível descoberta, me telefonaram no sábado à noite. Fiquei espantado. Segundo eles, é o corpo de uma mulher de idade avançada", disse ao jornal francês o proprietário da casa, Emmanuel L..
"O corpo foi achado em um local 'organizado', o que parece indicar que não foi um acaso, mas um ato criminoso", disse um funcionário da Justiça que participa da investigação.
"Ele estava em um buraco que foi cavado, mas não profundo o bastante para servir de cova", completou.
O proprietário da casa acredita que alguém tenha deixado o corpo no local, a 80 metros da residência.
"Meu terreno vai até o caminho que passa por trás, mas o limite não é claro, porque não há cerca", disse ao "Le Parisien", surpreso por não ter visto nada.
"Tenho cinco filhos, e como o menor tem 5 anos, raramente saímos da casa. Estou viajando há um mês. Acho que isso não deve ter ocorrido há muito tempo", completou.
Ele disse que já houve várias invasões em seu terreno pela parte dos fundos, "onde há uma casa que estava sendo erguida pelo antigo proprietário".
"Ali está cheio de mato, e várias vezes encontramos garrafas por ali."